Home / Destaque / “Negar e silenciar é confirmar o racismo”, diz o técnico Roger Machado

“Negar e silenciar é confirmar o racismo”, diz o técnico Roger Machado

Roger Machado e Marcão trabalharam usando camisa do Observatória de Discriminação Racial no Futebol — Foto: EC Bahia / Divulgação

O técnico Roger Machado afirmou, em entrevista ao Globo Esporte, que “negar e silenciar é confirmar o racismo”. A declaração foi feita após o jogo Fluminense x Bahia, no último sábado, 13.

Roger é um dos dois técnicos negros a comandar uma equipe da Série A do Campeonato Brasileiro. Ele e Marcão, treinador do Fluminense, vestiram uma camisa estampada com a frase “chega de preconceito”.

Ao ser entrevistado, o treinador do clube baiano ratificou o discurso que já havia utilizado, de que não deveria causar impacto o fato de ter dois negros na área técnica, mas desta vez, utilizou números para evidenciar o racismo que está estruturado na sociedade brasileira.

“Com relação à campanha, não deveria chamar atenção ter repercussão grande dois treinadores negros na área técnica, depois de ser protagonistas dentro do campo. Essa é a prova que existe o preconceito, porque é algo que chama atenção. À medida que a gente tenha mais de 50% da população negra e a proporcionalidade não é igual, a gente tem que refletir e se questionar”, ressaltou.

“Se não há preconceito no Brasil, por que os negros têm o nível de escolaridade menor que o dos brancos? Por que na população carcerária 70% dela é negra? Por que quem morre são os jovens negros no Brasil? Por que os menores salários, entre negros e brancos, são para os negros? Entre as mulheres negras e brancas são para as negras? Por que, entre as mulheres, quem mais morre são as mulheres negras? Há diversos tipos de preconceito”, questionou.

O técnico disse, ainda, que “nas conquistas pelas mulheres, por exemplo, hoje nós vemos mulheres no esporte, como você, mas quantas mulheres negras têm comentando esporte?”. “Nós temos que nos perguntar. Se não há preconceito, qual a resposta? Para mim, nós vivemos um preconceito estrutural, institucionalizado”, acrescentou.

LEIA TAMBÉM:

O post “Negar e silenciar é confirmar o racismo”, diz o técnico Roger Machado apareceu primeiro em Mídia 4P.

Fonte: midia4p.cartacapital.com.br

Faça aqui seu Comentário

Veja Também

Virtual candidato em Ilhéus, Bebeto Galvão dispara contra prefeito: saúde municipal está um desastre

Possível pré-candidato a prefeito de Ilhéus, o senador suplente Bebeto Galvão (PSB) disparou contra a ...

ILHÉUS: GAROTA DENUNCIA TER SIDO ESPANCADA NA FRENTE DO FILHO PELO SOBRINHO DO PREFEITO MARÃO (PSD), LUCAS ALEXANDRE QUE ESTÁ FORAGIDO.

Jovem teve perna fraturada e hematomas em várias partes do corpo, como rosto, barriga, costelas, ...

TJ-BA nega recurso do Estado e mantém linhas de ônibus com São Luiz e Falcão Real

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Gesilvaldo Britto, negou recurso ao Estado ...

Advogado pede ‘intervenção’ do MP no turbulento caso de grilagens no Oeste da Bahia

O caso de grilagens de terra no Oeste da Bahia segue no centro de sucessivas ...

Contra o Vitória, técnico do Operário quer deixar ‘boa impressão’ para os torcedores

Operário e Vitória se enfrentam nesta terça-feira (19), pela 37ª rodada da Série B do ...

Bombeiro baiano é destaque em Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático

O cabo Magno Cássio Cardoso Caldas, do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, foi destaque ...

Elenco de ‘His Dark Materials’ vem ao Brasil para a CCXP 2019

Após Netflix e Warner Bros. chegou a vez da HBO anunciar algumas de suas estrelas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *