Home / Tempo Bahia / Assai Atacadista é condenado a indenizar trabalhador em R$ 30 mil por homofobia

Assai Atacadista é condenado a indenizar trabalhador em R$ 30 mil por homofobia

Compartilhe essa notícia

A 8ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou a rede de supermercados Assai Atacadista a indenizar em R$ 30 mil um trabalhador vítima de homofobia no local de trabalho. O operador de caixa era homossexual assumido e por ter voz fina, era motivo de chacota, piadas e ataques diários.   O pedido de indenização por danos morais foi julgado procedente em 1º e 2º grau. A empresa recorreu da decisão, através de um recurso de revista. Por fim, interpôs agravo de instrumento, o qual foi julgado pelo TST. Em sustentação oral, a advogada Cíntia Cecílio, atual presidente da Comissão de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – Distrito Federal (OAB-DF), alegou que a situação não configura dano moral simples, mas dano que fere a dignidade da pessoa humana.   O advogado do autor da ação ressaltou que, se os fatos narrados tivessem ocorrido atualmente, os colegas de trabalho estariam respondendo criminalmente, em razão da decisão do STF que criminalizou a homofobia. Assim, requereu a manutenção ou até majoração de indenização.   Ao votar, a relatora, ministra Dora Maria da Costa, acolheu os argumentos do autor, mas entendeu que a indenização deveria ser reduzida para R$ 15 mil. O ministro Márcio Eurico Vitral Amaro divergiu da relatora, entendendo que a decisão da Corte Regional deveria ser mantida, posição que foi seguida pela ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi. Por maioria, foi negado o recurso de revista da empresa.   Em junho deste ano, o plenário do STF decidiu que homofobia e transfobia são crimes. Ante omissão legislativa, os delitos serão enquadrados na lei de racismo. Os ministros consideraram que “condutas homofóbicas e transfóbicas, que envolvem a aversão odiosa à orientação sexual ou à identidade de gênero de alguém, traduzem expressões do racismo”.

Fonte: Bahia Noticias

Faça aqui seu Comentário

Veja Também

Faroeste: Advogado nega que ex-presidente do TJ-BA fará delação premiada

Compartilhe essa notícia A defesa da ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora ...

Uso de aplicativo de mensagens para intimação de atos processuais é regulamentado

Compartilhe essa notícia O Ministério da Justiça editou Portaria, publicada no Diário Oficial da União ...

VITÓRIA DA CONQUISTA: CEV PROMOVE CAT DAY

Compartilhe essa notícia O Centro de Especialidades Veterinárias, em Vitória da Conquista, promove neste sábado, ...

Professora da UESC revela em estudo em que filtros de extinção mediam os efeitos globais da fragmentação de habitat em animais

Compartilhe essa notícia Parque Boa Esperança, fragmento da Mata Atlântica na área urbana de Ilhéus ...

Candidato único, Pastor Tom é eleito presidente do Flu de Feira

Compartilhe essa notícia O deputado estadual Ewerton Carneiro (PSL), mais conhecido como Pastor Tom, foi ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *